A primeira ninguém esquece

Eis a minha primeira pintura digital feita no iPad.
Levou mais ou menos uns 15 minutos pra ficar pronta.

Claro que ficou meio tosca. A cabeça ainda não acostumou com a aplicativo, pincéis, e etc.
Mas com o tempo e intimidade a coisa anda.
E mais, como minha canetinha (frescamente chamada de stylus) não chegou, tive que me virar com uma gambiarra aprendida na web:

O aplicativo é o Procreate. Está valendo cada centavo.

E mais importante de tudo, dedico esta singela pintura ao meu irmão (de fé e sangue) Reinaldo Barboza, que antecipou meu sonho de ter um iPad.
Valeu, mano velho. Que Jesus possa te retribuir em bens intangíveis.

Anúncios

2 respostas em “A primeira ninguém esquece

  1. Eu tenho uma targus stylus. Acredite, essa caneta gambiarra é muito melhor. Semana passada eu encontrei esse vídeo e fiz uma versão para mim. Com ela consegui ótimos resultados.
    Continue desenhado! Seu trabalho é ótimo.

    • Oi, Roberto. Obrigado pela visita.
      Realmente a caneta/gambiarra quebra um galho enorme. Fiz às pressas, mas creio que se caprichar ela dura um bocado.
      Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s